Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


12
Out14

Ainda me podes dar a tua mão!‏

por chapeusechapeladas

Quero esquentar essa mulher

transforma-la em sumo
para eu beber
não quero um resumo
de um quadro pintado
eu mesmo assumo
que não posso ficar calado.....
Tenho de lhe dizer
mesmo quando ela não está
é do seu corpo que desejo beber
pois esta sede não passará
tornei-me um alcoólico
não consigo evitar
todo este salivar
como um viciado
quero ter-te
ainda que sejas um livro fechado
não descanso enquanto não ler-te
dã-me a tua mão
sente o meu calorão
não importa se não chove
o teu sabor é que me recolhe
não me importa de ficar queimado
com todo o teu calor
o que importa é estar entrelaçado
e sentir o teu corpo a tremer!
Por minha parte 
isto não acaba assim
ainda tenho muito a dar-te
e sei que tu ainda tens muito para me dar a mim
da-me a tua mão
vamos os dois mergulhar
é tão boa a sensação
já nem penso em voltar
e quando estiveres esquentada
quero que me olhes nos olhos
e se me disseres que não sentes nada
ir-mi-ei
nem sequer olharei para trás
jamais voltarei
nunca mais me verás
sabes que vais voltar a sentir frio
nunca mais sentirás o mesmo calor
a única coisa que sentirás é o vazio
que te causa a ausência do meu amor!
Pensa bem
a minha mão continua esticada
é a hora do tudo ou nada
és tu quem decide
és tu quem escolhe
entre o calor e o frio
ainda tem aquela chuva que encharca
coberta de saudade que mata
nas noites de solidão
onde a maior sensação
é a falta que sentirás de mim!!

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro a 23.10.2014 às 14:06

Excelente.......

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D