Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


05
Mai15

Ainda que mal pergunte:
Quem és tu? O que fazes aqui? Que direito tens tu de brincar contigo mesmo?
Ainda que mal tenha respostas, vou tentar simplificar algo que não é simples de processos e de explicação!!
Eu sou uma pessoa que como qualquer pessoa anseia pela felicidade, pela realização, pela paz e harmonia, sem que para tal tenha que haver uma ordem cronológica.
Caminho em busca de todas as portas que se podem abrir para mim, caminho com o objectivo de abrir janelas de forma a eu entrar e encontrar tudo aquilo que anseio.
Brinco comigo mesmo porque a vida também o faz, e quem melhor que eu mesmo para expor os podres, as amarguras, as frustrações, o cinismo, o lado sombrio de mim mesmo?

Para mim tudo é simples, basta não complicar aquilo que parece e é fácil!!
Porque atrás de qualquer complicação promovida esconde-se uma magoa que se estende no tempo, porque as vacinas contra a tristeza não existem, porque na duvida entre querer simplificar ou complicar eu prefiro sempre simplificar, e não tem nenhum mal entendido que abale isso!!
Porque as pessoas responsáveis sabem sempre o que lhes pertence, e o que não lhes pertence, e na vida real não penso em me comportar como gestor de bens alheios, até porque antes de gerir o que quer que seja tenho que ser capaz de gerir os meus próprios bens.
Os passos seguintes....

Ninguém sabe o dia de amanha, sabemos como foi o dia de ontem, eu aprendi com o dia de ontem, infelizmente num mundo cada vez mais cinzento, cada vez mais stressado, cada vez mais turbulento, só entra nesta enorme onda quem não pensa um pouco, eu recuso-me a aceitar que tenho que estar chateado a toda a hora, que tenho que me vergar a pedidos de desculpas por terem sido cometidos mal entendidos, que me aborreçam por eu não querer fazer parte daquela trupe de mal dispostos, que apenas conversam sobre coisas cinzentas e opacas, eu gosto de falar de sexo, é um tema tabu? e dai eu gosto e pronto, isso que me interessa, não faz mal a ninguém, não ofende ninguém, e depois vivo para que? para andar mal humorado e stressado?
Nada disso...

Não é o que eu quero, porque posso andar perdido na vida, mas não abdico de uma coisa simples e clara...
Sei quem sou, o que quero,e por consequência para não levar uma vida triste, brinco comigo mesmo, porque eu posso dar-me a este luxo, é um luxo gratuito, me faz bem, e depois tanto a brincar como a falar de mim mesmo,como a falar de sexo tento de alguma forma aliviar qualquer tipo de pressão que torne qualquer destes assuntos demasiado enevoados, porque já me basta olhar e ver pessoas enevoadas, para eu não querer fazer parte desta má disposição generalizada.
Não pago imposto por isso, o governo ainda não se lembrou de cobrar IRC pela boa disposição, nem IVA por sexo, e eu quero mais é por momentos deixar de lado as questões sérias, porque o dia tem 24 horas e eu tenho tempo para me preocupar com tudo o resto!!





 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D