Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


09
Jun15

Procissão da vida

por chapeusechapeladas
 

E lá vão eles......

8 Burros de carga.
Duas filas intermináveis de homens de vestido-saia por entre a multidão que estéricamente dá vivas e agradece sabe-se lá o quê.
É a procissão de Fátima em todo o seu esplendor.
Os burros carregadores andam horas com uma imagem em cima de um andor ás costas, uma imagem que segundo julgo saber era nefasta para os "pioneiros" da religião como Moisés, esta e qualquer imagem e ídolo não deveriam ser adorados por ninguém, não obstante disso lá está a multidão que precisa de acreditar em alguma coisa e não se poupa a esforços para dizer presente num evento em tudo contrário aquela fé escrita no Livro "Sagrado", mas o povo preciso de se agarrar a qualquer coisa nem que morra no caminho do "Santuário" mas tem esta necessidade que tolhe a pouca inteligência que possuem de encher os cofres deste fé!
Agora que dizer daquelas filas intermináveis de homens  com vestidos-saias?
Aposto que um psiquiatra perderia mais de metade da sua vida a analisar as infâncias destas pessoas em que o vestido representa o desejo que tiveram de fazer sexo com a mãe e a saia o desejo reprimido de serem travestis por entre aqueles que usando o vestido-saia se escondem atrás disso para esconderem a sua faceta homossexual o que até é natural mas que não sendo natural e até é monstruoso, tem aqueles que escondem a sua faceta pedófila, mas que isso não interessa nada pois afinal em nome de uma fé o que são estes pequenos acasos soltos numa dimensão maior que é toda uma religião que através dos seus actos actuais repudia todo o que era no seu ínicio?
E lá vai a procissão de Fátima......
Agora com a novidade de se verem cachecois de Fátima como se de repente um clube de futebol se abrisse naquele espaço todo e uma multidão em fúria apoiasse o seu clube depois deste se ter sagrado campeão de alguma coisa, é esta a fase moderna que se torna mais bonita e para ser realmente grandiosa só faltam as claques organizadas a fazer coreografias e a vender bilhetes lá fora assim como a vender drogas e também porque é uma tradição das claques de roubar negócios e eles não faltam em Fátima em nome da fé, turistas, peregrinos que merecem mesmo ser roubados, e tudo que apareça pois um adepto que se preze de pertencer a uma claque nem que seja de qualquer coisa que se chame Fátima tem que ser igual aos adeptos de todas as outras claques.
Mas nem tudo é mau, também tenho que referir os aspectos  positivos deste evento, pena que não me lembre de nenhum mas como esta coisa dura estes meses todos até 13 de Outubro quem sabe eu me lembre de algo que possa escrever para dar outra imagem que não aquela de exploração de algo que foi inventado para parecer o que não é, mas as crianças não mentem a não ser que sejam ameaçadas e ai não só mentem como a partir de uma mentira pode nascer um circo, palhaços, anões, cavalos, trapezistas, oportunistas e monstros não faltam, é só olhar que se distingue perfeitamente o clamor circense da parada!
E lá vai a Procissão de Fátima mais um ano, pelo 98º seguido e em todos estes anos o que não faltaram foram os burros de carga, os travecos de vestido-saia, os pedófilos disfarçados na multidão e o povo grita, o povo agita-se, o povo delira, é goloooooooooooooooooooooooooooooooo............
Cachecois no ar.
Faz-se a hola Mexicana, abraçam.se os aficionados, roubam as carteiras os claquados, apalpam os pobres que não conseguem mulheres bonitas, é a festa, é o delírio, e assim acaba este relato, com extase orgasmico.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D