Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


28
Jul14

...

por chapeusechapeladas

 

Aquilo que mais temo
desenfreadamente escondido
parafreseando o aceno
do evento desavindo
no meio de uma declamação
fui solteiro a vida toda
mas não sei o que é a razão!!
Perde-se a poesia
sem um motivo para ela existir
será apenas um mau dia?
Ou as razões estão mesmo a fugir?
Temo ficar sem palavras
sem dedos para as incorporar
entro em pánico quando sinto que o meu cérebro
é bem capaz de paralizar

 

onde está o antidoto?
O remédio que me livre destas sensações
não quero ser um vivo-morto
sem capacidade de criar ilusões
são assim os sonhos
meras declarações
criadas a partir do nada
construídos a partir daquele cantinho cerebral
onde está instalada um fabrica muito especial
labora 24 horas por dia
não quer descanso
não precisa descansar
temo ficar sem isso
por sem isso nada sou
e nada sendo o que sou?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D