Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


03
Jul13

Ainda ontem Portugal chorava a perda do ministro Gaspar quando hoje se demite a ministra Portas, agora o berreiro é infernal, Portugal não estava preparado para perder uma ministra tão trabalhadora e tão honesta.

Não tem quem apague a tristeza do povo Português com esta partida inesperada e abrupta, quem conhece a "SERIEDADE" desta ministra cor de rosa sabe que além da palavra "SERIEDADE" ela preserva as palavras "PROMESSAS", "ESTADO", "IDOSOS", "FEIRAS" "SUBMARINOS".
E passo a explicar....
Esta ministra que se demite hoje é de uma SERIEDADE extrema, nunca faltou a uma PROMESSA e fez muitas, lutou pela mais extrema pobreza que os IDOSOS vivem actualmente, mas sempre com um sentido de ESTADO impecável indo paras as FEIRAS fazer mais PROMESSAS a IDOSOS, para quer todos esqueçam as negociatas dos SUBMARINOS comprados em 2004 e que valeram uma dívida de 900 milhões de euros com contratos paralelos.
Ora hoje faz-se justiça a esta grande ministra Portas que apenas e só sabe encostar-se para apanhar algum poleiro sem que isso lhe dê vergonha na sua feia cara para nunca mais andar por ai a falar em SERIEDADE, PROMESSAS, ESTADO, IDOSOS, FEIRAS, SUBMARINOS.
O pior de tudo é que sendo esta ministra tão católica e presidente de um partido de direita, anda a enganar todos os distraídos que ainda não viram que a ex. ministra é mesmo MINISTRA pois gosta apesar de negar de uma boa marcha atrás e sem cuecas!!
Vai que já vais tarde e manda lá saudades que aqui é coisa quer não deixas aos Portugueses!!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D