Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


16
Dez13

Voltando para um lugar distante‏

por chapeusechapeladas

Aos poucos deixa de existir aquilo que nunca foi visto

pode tomar outras formas mas não é diferente 
devido a frescura das noites
as montanhas gostariam de estar num lugar mais quente
como em todos os processos de protecção
tudo se fecha em volta de um protectorado
uma sub espécie de El Dorado
que inconscientemente toma conta da realidade
embora se caminhe num sonho longo
do tamanho de uma vida
numa região chamada encruzilhada
no sinónimo de algo que se poderia chamar :
Capacidade de camuflar!!
Com piões e resinas 
um dia a brincar som noção do futuro
outro atrás das meninas
num sonho que tem de tudo menos o escuro
é uma visão desprovida de caracterização
na casa das encruzilhadas
sobem as palpitações
nas memórias guardadas
cancelas que se encostam 
porque ninguém consegue fechar portas
coisas que não são iguais mas das quais se gostam
como se fossem pequenas hortas
plantadas com muito sacrifício e suor
da quem espera que algo aconteça
algo de bom
tal como eu espero
e quando tudo parecer estático
eu voltarei para os meus sonhos de criança
porque lá o sol brilha todos os dias
radiante e caloroso
pena que eu nunca tenha percebido naquele preciso instante
o quanto ele me era valioso!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

16
Dez13

Camadas de vida!!‏

por chapeusechapeladas

Chegado o momento das decisões

o dia é uma estrada silenciosa
por um país deserto de ideias
uma curva mais sinuosa
sem sangue nas veias
crescem as duvidas
canta-se e ri-se 
nervosamente sem que os nervos o demonstrem
as juras de um amanha feliz ficaram para trás
não se vê mas um muro ergueu-se
o tempo perdeu-se
onde fica a casa onde nasci?
Onde está a vida que vivi?
É dia de um dia que não vem os calendários
gelam-se-me os olhos
prendem-se-me as mãos
não vejo futuro no futuro
não sinto calor onde pousam as minhas mãos
cabelos grisalhos
uma árvore sem folhas
onde apenas se vêem os galhos
secos e tristes
é este o caminhar 
dos sonhos dos quais fugistes
para não mais voltar
olhos perdidos no horizonte onde se enterra o mar
com os pés bem enterrados na areia grossa
uma vida sem encanto
como uma comida insossa
o vento que fere o meu rosto
uma noite carregada de escuridão
de um sol que não permaneceu no seu posto
qual soldado assustado
que ouve o bater do seu coração
e desata a correr sem saber para que lado
assim se decide uma vida
num instante que parece durar uma eternidade
nada é claro
a decisão está longe de ser a verdade
porque na vida não existe justiça
no amor não existe prolongamento
tudo foge da vista
é uma questão do momento
momentos que fogem assim que passam
o caminho ainda agora começou
e já está tão próximo do fim!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

16
Dez13

Rumo ao futuro!!‏

por chapeusechapeladas

As coisas mudam

havendo interesse em mudar
os historiadores estudam
assim haja o que estudar
caindo
num limbo estranho
fugindo
da voz de fanho
caraças
para não dizer palavrões
as traças
acabam com os colchões
recepção abandonada
num hall menor
é uma charada
que termina em dor
sem a audácia
que os aventureiros costumam ter
é só falácia
de quem apenas quer crescer
na despedida
na chegada
forma sentida
mulher desejada
em imagens distorcidas
que o tempo não apagou
propagaram-se como formigas
que o insecticida não matou
é assim que se investe
num futuro incerto
contra doenças e peste
desde que se fique por perto
temos pela frente
uma criação maior
feita de gente
com a testa carregada de suor
trabalhos forçados
castigos enganados
incompetência incompetente
que gira a volta de gestos
é a alegria descontente
dos criadores de desafectos
tudo vigora
numa existência limitada
o que conta é o agora
seja qual for a estrada
a que caminhar
um passo atrás do outro
sempre a andar
rumo ao desconhecido!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

09
Dez13

Adormecendo com a ilusão!!‏

por chapeusechapeladas

Um suspiro....

vou dormir pensando que está tudo bem
fecho os olhos para esquecer problemas
e quando eles desaparecem por completo
estou a sonhar contigo....
Uma prece silenciosa
para uma noite magica que nunca mais se acabe
e quando acordo é com sono
quero mais é voltar a dormir num sono que nunca se acabe
as palavras de amor que nunca se acabam
para que todos os sonhos sejam possíveis!!
Toco-te de uma forma que nunca foste tocada
deito-te e amo-te
como nunca fostes amada
entranho-me em ti 
como nunca antes alguém se entranhou
beijo-te como a paixão dos poetas
de uma forma que nunca antes ninguém te beijou
e quando te deito na cama sussurro ao teu ouvido:
-O teu amor chegou!!
Não consigo evitar um estremecimento no corpo
porque quando sonho
sinto que te amo ainda mais do que te amo
é uma realidade mais complexa
uma porta anexa
para eu superar quando não estou contigo
e assim dormo
mais do que um ser humano deveria dormir
suspiro 
e do sonho não quero sair
nele emprego todos os truques de magia
que nem um mágico consegue realizar
dentro do meu sonho somos apenas dois
sem mais ninguém para chatear
e quando estamos cansados um do outro eu acordo
sinto a tua falta
e volto a adormecer!

Autoria e outros dados (tags, etc)

09
Dez13

Bilhete falido!!‏

por chapeusechapeladas

Bilhetinho cruel

escrito por um punho invulgar
sem qualquer vestígio de papel
em letras gordas e grandes
que dizia assim:
"Lamento mas acabou-se
já não existe margem de manobra
o que havia a filtrar filtrou-se
o maneável agora não dobra
faltam parafusos 
para apertar as dobradiças
neste arraial de multiusos
sem pontes-levadiças
drenou-se toda a água
que com ela levou os peixes
esta nunca foi uma história de fada
nem uma oração: Senhor nãos nos deixes!!
Por uma unha negra
o engano era carne com carne
embora os cabelos fossem fios de seda
tudo o resto era um falso alarme
e sem mais delongas
apresento a minha demissão
desta vida de candongas
já não aguenta o meu coração!!"
Não estava assinado
nem tinha remetente
todavia eu sabia quem o tinha enviado
e por isso fiz-me ausente
desprovido de qualquer emoção
afinal como alguém descontente
esta era apenas mais uma etapa de uma revolução
de passos adiados 
com falta de convidados
comida escassa
arroz e muita massa
o bilhete deixou de ter importância
porque ele mesmo não era mais que o espelho
de uma história de tolerância
que simplesmente acabou!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Diariamente cinco crianças são vítimas de abusos sexuais em Portugal

Todos os dia há cinco crianças em Portugal que são vítimas de crimes sexuais em Portugal. A maioria é abusada por familiares. Têm idades entre os 8 e os 12 anos. As autoridades abriram 1800 inquéritos por crimes sexuais a crianças em 2012. Desde 2005 a Polícia Judiciária deteve 1121 agressores. Os dados são da Unidade de informação da investigação criminal da PJ.

Não é de hoje que eu defendo que todos aqueles que molestam crianças infligindo-lhes danos para o resto das suas vidas merecem e deveriam ter a pena de morte, infelizmente os juízes não pensam assim e todos os anos estes filhos da puta aumentam como se fossem uma doença contagiosa embora uma doença contagiosa seja ela qual for é melhor que ter um filho da puta destes a abusar dos nossos filhos, netos, crianças em geral.

Provavelmente por os seus filhos estarem muito protegidos é que quem faz a leslilação é demasiado moderado para com estes crimes que por terem penas tão curtas e sem significado é que todos os anos este tipo de monstruosidade aumenta descaradamente sem que isso sensibilise as pessoas que ao fazerem as leis esquecem o lado de quem sofre e premeiam o lado que inflige o sofrimento em inocentes.

Provavemente está tudo errado nesta minha visão, aos olhos de quem manda tudo isto é normal, até deveriam existir lojas de crianças para que estes filhos da puta pudessem fazer mal, e o povo assobia para o ar porque o nível de exigência é ZERO afinal eles que elegem estes governantes que olham para este tipo de coisas como se olhassem para uma estatistica morta, são só números que não pesam na consciência de ninguém, afinal os filhos são dos outros!!


Autoria e outros dados (tags, etc)

05
Dez13

Para que a vida não passe....‏

por chapeusechapeladas

Não fiques tão triste

a vida continua
e tudo que passou parece que volta sempre
enquanto passamos tempo juntos
não temos necessidade de ver as pontes fugirem
os sonhos esfumarem-se
as portas sumirem......
Enquanto as tuas mãos estiverem agarradas as minhas
a minha almofada vai suspirar
por todas as pontes que iremos construir juntos
pelos sonhos que sonharemos
e pelas portas que se abrirão para nós
enquanto o arco-íris entra pela janela
tu vais abrir a minha camisa de flanela
e eu vou despir-te o vestido verde da esperança......
Com o passar da vida
saberás que não vais encontrar alguém como eu
assim como não encontrarei ninguém como tu
foram poucos os segundos em que demorei a entender isso
e muitas noites em que sonhei com o momento em que fosse dizê-lo
uma vez mais....
A vida é passageira
deixemos os cuidados de lado
faz tempo em que existiu um homem
um pobre e desgraçado homem
que não soube amar
como eu te amo
e ao acordar.....
Percebeu que a sua vida tinha passado!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

05
Dez13

Vou estar...‏

por chapeusechapeladas

Eu quero lá estar

seja onde for
nem que seja para comentar
o espéctaculo do amor
do outro lado da barricada
não me importa
o sofrimento não conta para nada
quando a estratégia está na porta
é uma saída
ou uma entrada?
Focando o essencial
o resto não importa que não seja bem sucedido
é um tributo especial
e muito merecido
tenho de lá estar
não importa o caminho
só posso desejar
que estando, não esteja sozinho
ninguém consegue ganha um jogo jogando só
seria uma triste competição
esta ausência de emoção....
É notório a diferença
de quem se apresenta
de quem prima pela ausência
eu é que tenho de estar
mais
tenho de ganhar
porque não basta chegar
é necessário participar
envolver as circunstâncias
esquecer as substâncias
tentar ser o mais puro possível
o mais malicioso que se poder ser
porque nesta vida visível
o que importa é viver
desde que se chegue
e eu vou chegar!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

05
Dez13

O que ficou, ficou....‏

por chapeusechapeladas

O que passou, passou

não volta mais
o que ficou, ficou
sem Hellos nem Goodbyes
não me consigo imaginar
sem um único pensamento
é-me impossível vegetar
por fora e por dentro
o que seria a minha vida?
Se eu não opinasse 
se eu não sentisse
o amor dá-se
não se diz que se disse....
O que se fez, fez-se
e não se volta a fazer
o que não se fez, desfez-se
acabou por morrer
mas em qualquer ocasião
não omiti a minha opinião
nem me passa pela cabeça
que a mesma se esqueça
de continuar a bulir
não importa o sentido do que se pensa
o importante é sentir
pensar
sonhar
porque não tem como voltar
não tem como ficar
não tem como refazer
o importante é ser
acompanhado do que se sente
a vida não mente
só morre quem nunca sentiu
só vive quem faliu
um dia a mais
uma dia a menos
o que ficou, ficou!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

05
Dez13

Dormir com as estrelas!!‏

por chapeusechapeladas

Quero dormir com as estrelas

deitar-me com elas
e nunca mais acordar
com as mentiras escritas no céu
promessas adiadas
vivacidade fogosa
cartas viciadas
um brilho que cega
por ser fosco
e assim me deito 
encostada ao peito
de olhos bem fechados
não tenho mais porque fingir
agora durmo com as estrelas
não sou uma delas
mas alcanço a paz
entre muitos outros que cansados
quiseram estar entre as estrelas!!
Conforto que em vão não aconteceu
deixei-me a mim mesmo
não quis mais ficar comigo mesmo
estava cansado de mim mesmo
e do mundo que me rodeava
agora quando as estrelas vieram todas as noites
eu estarei junto delas a descansar
e olharei para este mundinho
que lá do lugar onde me encontrarei
será tão pequenino
tão distante
que só me lembrarei dele como uma memória distante
pois o meu presente será exclusivamente
tudo aquilo que eu quiser
na importância do que eu disser
porque junto das estrelas
não calarei nada
dormirei com elas
e quando se dorme com alguém
não se escondem segredos!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D