Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


19
Mar15

E tu....

por chapeusechapeladas
Sentada na pedra que te acolhe
junto ao rio que te resguarda
a minha fantasia não encolhe
apesar de não ser um homem que usa farda
e tu.....
Com o teu sorriso contagiante
não sentes a minha presença
talvez porque eu seja fulminante
na minha ausência
e tu.....
Sorris para a vida
sentada na pedra que te ampara
junto ao rio que te transmite alegria

e uma fracção que nos separa
e tu.....
Não falas de amor
porque não conheces o meu
não sabes que as minhas mãos transmitem o calor
da sina que ainda ninguém leu
e tu.....
Com os teus olhos adoçicados
lábios rasgados
um poema que nenhum poeta escreveu
um perfume que ninguém soube domar
ali santada junto ao rio olhando o céu
não tem como não reparar
e tu.....

No centro das minhas escritas
palavras soltas que ninguém entende
no paraíso onde saltitas
no lugar onde a tua presença me prende
e tu.....
Sentada na pedra radiante
junto ao rio que sorri
és um espelho do presente
de quem gosta de ti
e tu......
Sabes que não posso pensar-te
por enganos do destino
nunca me enganei a admirar-te
ao longe do meu caminho

vejo
o que gosto de ver
desejo
o que não posso ter
e tu....
No centro de tudo
olhas o rio que te contempla
o sol que te radia
sentada na pedra que te ampara
dando brilho á luz do dia
para que na minha noite
eu possa escrever
sobre ti!





































 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

19
Mar15

Comichão incontrolável!‏

por chapeusechapeladas
Esta comichão cerebral.....
Coço
faço feridas
sinto o sangue na ponta dos dedos
abrem-se crateras
por onde jorram os meus segredos
olho a lua
o Mar da Tranquilidade
meu corpo sua
o suor da saudade....
Vislumbro uma silhueta
lá ao longe no cosmos

não é branca, não é preta
não é loira, nem morena
é um fósforo aceso
uma memória pequena
mas que me faz comichão
e coço.....
Mais feridas se abrem
o meu corpo é um crivo
crostas e mais crostas
recordações gravadas a ferro e gofo
lá ao longe um silvo
que anuncia a chegada da Primavera
 

vinda através do Mar Morto
o seu colorido amansa esta fera
que se aprisionou dentro de mim
tudo deu para torto
menos os meus sonhos mais selvagens...
Neles eu encontro-te
e a comichão para
já não coço
a fera existente fica cativeira
abre-se uma nova prespectiva
acende-se a mais bela fogueira
sorvo-te

beijo da cabeça aos pés
lámbo-te da cabeça aos pés
desejo-te da cabeça aos pés
este torpor
adormece-me os sentidos
ergo-me do meio dos caídos
mergulho vezes sem conta nos teus desejos
a comichão congelou
já não coço
o tempo passou
e mais uma vez eu penso
como gostava de recomeçar tudo outra vez!


































Esta comichão cerebral.....
Coço
faço feridas
sinto o sangue na ponta dos dedos
abrem-se crateras
por onde jorram os meus segredos
olho a lua
o Mar da Tranquilidade
meu corpo sua
o suor da saudade....
Vislumbro uma silhueta
lá ao longe no cosmos
não é branca, não é preta
não é loira, nem morena
é um fósforo aceso
uma memória pequena
mas que me faz comichão
e coço.....
Mais feridas se abrem
o meu corpo é um crivo
crostas e mais crostas
recordações gravadas a ferro e gofo
lá ao longe um silvo
que anuncia a chegada da Primavera
vinda através do Mar Morto
o seu colorido amansa esta fera
que se aprisionou dentro de mim
tudo deu para torto
menos os meus sonhos mais selvagens...
Neles eu encontro-te
e a comichão para
já não coço
a fera existente fica cativeira
abre-se uma nova prespectiva
acende-se a mais bela fogueira
sorvo-te
beijo da cabeça aos pés
lámbo-te da cabeça aos pés
desejo-te da cabeça aos pés
este torpor
adormece-me os sentidos
ergo-me do meio dos caídos
mergulho vezes sem conta nos teus desejos
a comichão congelou
já não coço
o tempo passou
e mais uma vez eu penso
como gostava de recomeçar tudo outra vez!













































 









 

Autoria e outros dados (tags, etc)

19
Mar15

Entendimento no recomeço!

por chapeusechapeladas

Algumas pessoas perguntam-se pelo entendimento
montanhas de neve perfumada
esperando a chuva do contentamento
ascendido numa forma dismistificada
imergem dias de insanidade
procuram-se pessoas de verdade
sem delimitações em relação á vida
esta é uma corrida
cuja duração tem milhares de anos
todos deixaremos de correr
é será impossível controlar os danos

 


quando alguém tem que morrer
nasce uma flor
no topo de uma montanha
na escuridão de uma mina abandonada
filtrando desejos reprimidos
a espera é para os vencidos
nem com todas as mudanças plausíveis
se alcançam obras impossíveis
por falta de entendimento
sobre essa porta invisível
cuja existência tem um STOP largo
ombros sem grande proeminência


como se carregassem esse fardo
chamado esperança
e na falta do tal entendimento
agarra-se algo parecido com uma real fé
caindo no esquecimento
todos aqueles que caíram de pé
faisca de um falecimento
que comemora a vida
celebra a paz
e no final faz.....
Com que tudo seja um eterno recomeço!

Autoria e outros dados (tags, etc)

19
Mar15

Prismas enlatados!

por chapeusechapeladas

Resguardado de olhares indiscretos
numa derradeira tentativa
sem planos concretos
nesta incerteza que me fustiga
é preciso conhecer-me muito bem
para que se possa dizer de sua justiça
na sombra de um zé-ninguém
ergue-se um anti-fascista
queria tanto ficar
nesta minha pressa de correr
dá ideia que sou um cabeça no ar


mas sinto apenas vontade de renascer
rompendo longos noivados
revolucionando novas ordens
através de lençois acetinados
declarando-me o homem dos homens
sem ondas nem mistérios
procuro um lugar seguro
que me guie através as mais vorazes fantasias
o anseio que tanto procuro
com um novo olhar
velhas paixões

 


pôr do sol acompanhado
velas ao luar
remudelando novas ilusões
sem precipitações
até porque tudo tem o seu percurso natural
no sossego desassossegante
desojo uma janela com peitoral
onde debruçado possa descansar os meus anseios
é tudo novo e palpitante
já não tenho receios
apenas dúvidas razoáveis!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

15
Mar15

Falando contra a minha religião!

por chapeusechapeladas

A minha religião é o Benfica, o meu partido político é o Benfica, desde logo por ser do Benfica não sou de todo cego ou talibá para engolir tudo o que me mostram.
Isto quer dizer que apesar da paixão que tenho pelo Benfica não tenho cérebro de idiota para concordar com tudo de mal que fazem no meu clube, sou critico da crescente dívida que desde os tempos do ladrão Vale de Azevedo cresce sem parar e convém lembrar que quando o ladrão foi corrido a dívida do Benfica era de 100 milhões, hoje é de 500 milhões sem nenhum ladrão á vista, mas o que realmente me enoja é um talibá fundamentalista que se diz Benfiquista e que ocupa cargos de importância no Benfica a ter o comportamente que tem nas televisões, nas redes sociais, falo de uma tal de Rui Gomes da Silva vice presidente do Benfica e como toda a gente percebe, futuro candidato á presidência.


Este faccioso que não sabe ver futebol, só vê o vermelho como os touros na arena que estupidamente são massacrados, só que esta amostra de touro burro, semana após semana continua a ser um cidadão exemplar que incendeia os ambientes que não traz adeptos ao Benfica pois é uma posição que tem custado adeptos a um clube que até tem ganho campeonatos mas que perde adeptos por serem fundamentalistas e não saberem ganhar, ora este homem até já foi ministro e por isso deveria ser comedido nas suas declarações, mas não, este idiota todas as semanas incendeia os ambientes com declarações idiotas e sem nexo, todas as semanas se percebe que este homem pouco entende de futebol mas agarra-se a ele para estar na ribalta porque é dela que precisa, mas como é um ex. ministro só vem provar a qualidade de pessoas que passam pela política e pelo futebol, neste caso de má qualidade.


O Benfica não merece ter alguém assim a defender publicamente o clube, o Benfica não merece ter alguém assim na sua direcção,
o Benfica não merece nem deveria ter adeptos fundamentalistas, pois o que nos destingue é o sabermos estar no desporto e na vida, e este Rui Gomes da Silva é simplesmente um lixo que aproveita o tempo de antena que canais de televisão que gostam de transmitir lixo lhe dão!
O Benfica é o meu clube, este homem é um cancro ao meu clube!

Autoria e outros dados (tags, etc)

15
Mar15

O segredo do adeus!

por chapeusechapeladas
 

Perguntaram-me onde se encontrava o adeus
sem saberem que prefiro magoar-me a revelar tão maldito segredo
os maus bocados são apenas e só meus
todas as vezes que alguém precisa de se despedir
eu lá estarei sem medo
mostrando a minha cara de bluff completo mas invisível
para que toda a gente possa ter um adeus bem mais suave do que o meu.

Autoria e outros dados (tags, etc)

15
Mar15

Saudade dos Gangsters!!

por chapeusechapeladas

Tenho saudades dos tempos dos Agiotas e dos Gangsters pois naqueles tempos quem recorria a eles para pedir dinheiro tinha a vida facilitada, bastava comprir as datas de pagamento que nada de mal acontecia, e tinha aquela coisa espantosa para a altura, eles não queriam saber onde se arranjava o dinheiro, não queriam saber o que as pessoas faziam com o dinheiro que pediam, apenas tinhas prazos e juros!!
Hoje em dia os Países que pedem dinheiro emprestado tem prazos, tem juros e ainda tem assistentes para lhes dizer o que devem fazer para pagarem o dinheiro que emprestam, é uma coisa estranha emprestar dinheiro a ainda dizer como os países que recorrem a esses emprestimos de devem comportar, como se devem governar, até tem casos como o de Portugal em que ensinam como devem falar.


E se a partir de hoje todos que fossem aos bancos pedir empréstimos além de os terem que pagar com juros tivessem alguém a dizer como devem viver, que não se podem separar até pagarem o emprestimo, que nunca se deveriam zangar com os patrões mesmo que estes os quisessem comer pois o emprestimo está primeiro e depois também se lembrariam de ter uma pessoa todos os dias a seguir a pessoa que pediu o emprestimo de forma a corrigir uma ida ao café, um passeio com portagem, a compra de um gelado e etc, etc, etc e mais coisas que se lembrem!!


Hoje em dia as coisas são complicadas para se pedir dinheiro, os países pedem e tem que se haver com ingerências de quem empresta que não se limita a emprestar, mas também manda e comanda os passos dos mesmo, depois isto estende-se a milhões de pessoas que vêem também os seus destinos a serem moldados por esta gente que manda e desmanda a seu belo prazer, os tempos saudosos dos gangsters e dos agiotas já lá vai e não se avizinham tempos melhores porque não tarda nada um casal que tem o emprestimo para pagar vai ter uma voz no quarto a dizer:


-Nada de plantar esperma nesse óvulo que os tempos não estão para terem filhos, depois de nos pagarem podem pensar em ter os filhos que quiserem mas antes nem pensar. sai já de cima dela seu vigarista!!
E isto pode ser o começo de haver um grande Big Brother de cariz financeiro a vigiar tudo que as pessoas fazem para se certificarem que os que devem pagam e que obedecem aos novos senhores que não se limitam a emprestar dinheiro mas também querem comandar a forma como o gastam e pegam, na finalidade é apenas uma forma de escravizar pessoas num sistema abusivo mas que está a tornar-se banal nesta Europa que finalmente parece ter caído aos pés dos velhos sonhos que fizeram com que a primeira e segunda guerra mundial fosse um acontecimento para esquecer, só que desta vez o meio usado para conquistar é o poder do dinheiro!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

15
Mar15

Frente a frente!

por chapeusechapeladas

Fora com todos os conceitos programados
sinto os meus sentidos alterados
quero ter-te frente a frente
deixar para trás tudo aquilo que não foi
desejo sentir-me gente
poder estar a distancia de uma caricia
sem esperar que ela seja dada por um sonho
não necessito de muita perícia
basta apenas ver a tua blusa desabotoada
sem precisar de dizer nada
que não seja ver-te
sabendo que vou ter-te
e tudo isso só pode acontecer


quando estivermos frente a frente
ai sim
a concretização é iminente
já não precisarei de me deitar para te ver
não precisarei de abraçar a minha almofada para te ter
estaremos a distancia de um sopro
transformado num beijo exploratório
concretizado num beijo longo
para lá de satisfatório
apaixonante
ardente
vibrante


quente
assim que estivermos frente a frente
sem uma moldura para dar corpo ao sentimento
depositada na mesinha de cabeceira
seria o enraizar no firmamento
o amor nascido de uma sarapilheira
nos diversos fios que ninguém vê
e que assim saltaria da moldura para se fazer real
sairia da mesinha de cabeceira para ser especial
encorporado num fogo permamente
poderia ser para sempre
se tu e eu
estivessemos frente a frente!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

15
Mar15

Paz de Espírito!

por chapeusechapeladas

A paz de espírito
uma mensagem subliminar
no meu interior acalmo o meu grito
para que o meu exterior possa cantar
e assim vou saltitanto
correndo
para onde o vento me for levando
pois assim sendo
estarei em paz interior
escreverei melhores histórias de amor
quem sabe até escreva uma canção
onde coloque tudo o que sinto no coração


numa mensagem esclarecida
que possa ser facilmente entendida
sem passos dispersos
mas sempre com os braços abertos
para receber mais paz!!
Como é longo este areial
todo este mar a minha disposição
o silencio é sepulcral
neste meu fio de condução
até ao meu objectivo final
ter paz de espírito em toda a sua extenção
sem mensagens subliminares


procurar o meu amor
entre os meus pares
aqui ou em qualquer outro lugar
sei que ele vai surgir
como se de um sonho estivesse a sair
e no final
esteja eu onde estiver
enterrado ou a viver
a paz é o fim alcançado
como se fosse esse o objectivo
de toda uma vida
ou de uma morte....

Autoria e outros dados (tags, etc)

15
Mar15

O prazer de sonhar!

por chapeusechapeladas

Perspectivando uma nova direcção
é duro caminhar desaconpanhado
esta estranha imaginação
que me leva a qualquer lado
até mesmo ao parque dos poetas
onde residem todos os patetas
que pensam que sabem falar de amor
as coisas engraçadas que não se cantam
as piadas antigas que não se contam
um tema recorrente
como se de repente....
Houvesse uma descoberta entre as flores
do encanto renascido
acabaram-se as promessas vâs
o amor já não é tema proíbido
é com ele que desejo aquecer-me todas as manhâs


quando me levantar para ficar a ver-te dormir
a luz que tu não vês a brilhar-me nos olhos
é a luz do amor
da esperança de uma nova perspectiva
que nasce sempre que nos deitamos
renova-se quando nos amamos
solta-se quando me levanto
e sozinho ali daquele canto
sonho acordado
com poemas que vou escrever
mas que não sei dizer
com canções que vou compôr
mas que não sei cantar
respiro profundamente como se fosse renascer
só pelo prazer de continuar a sonhar!!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D