Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


05
Abr15

O que se comomora na Páscoa?‏

por chapeusechapeladas

Até á dois mil anos o mundo era composto por pequenas crenças, quando Jesus morreu na cruz o Cristianismo lentamente tomou a dianteira para ser a religião dominante, se até isso acontecer os Cristãos eram peças determinantes para uma forma de diversão muito original que eram os jogos

no Coliseu a partir que o Cristianismo passou a ser a religião dominante nos reinos instalados e criados da velha Europa a canção passou a ser outra, pensava-se que por terem sido perseguidos e servido de diversão eles teriam uma visão mais magnanima das outras religiões, mas.......


Vieram as Cruzadas.......


Apareceu o Papa Borgia se bem que todos os outros ou quase todos eram apenas e só assassinos encobertos por uma capa religiosa.


Veio a Inquisição.......


Os límpidos Cristãos começaram a escravizar povos que tinham a cor da pele diferente.


Dizimaram culturas com os benditos descobrimentos.
Em cima destes factos chegamos ao século 21 onde milhões de pessoas pouco sabe das raízes históricas das religiões e numa era de informação rapida que começa nos anos 80 começam a conhecer-se outros horrores que seguem a religião para todo o lado.


Chegamos a maldita pedófilia que durante séculos foi encoberta pela força da religião e pela falta de informação assim como pela falta de liberdade e durante todos esses séculos milhares e milhares sofreram horrores ás mãos dos criastalinos religiosos.
Depois dos factos afinal o que se comomora na Páscoa?

Existirá mesmo motivos para celebrações de lendas escritas?
É que acreditando naquele ditado popular.....
(Quem conta um conto acrescenta um ponto!)
Nada mais correcto para descrever toda a fantasia criada em volta de uma religião que não é mais que um clone de todas as suas antecessoras, cruel, assassina, mentirosa, fanatica, mas qual a religião que não é isto e muito mais?


A história do passado é o espelho do presente, os olhos do futuro e acima de tudo a consciência que não é acreditando cegamente no que é contado que tudo passa a ser verdadeiro, se assim fosse nenhum assassino seria apanhado, nenhum corrupto seria condenado, ninguém cometeria crimes nesta vida!

Autoria e outros dados (tags, etc)

05
Abr15

O meu pequeno sonho.....

por chapeusechapeladas
Abateu-se sobre a terra uma estranha escuridão
mais ninguém a vislumbra
não sinto nenhuma emoção
de domingo a segunda
torno-me parte da obscuridade
sou uma miragem da saudade
adormeço
com os olhos fechados parto para um mundo desconhecido
rebolo no meu berço
nada do que vejo e sinto faz sentido
e ai tudo começa.....
Visualizo o meu pequeno sonho

cai-me a fortuna do céu
das cataratas a que eu chamo vida
corro para realizar os sonhos de outros
sinto-me importantaço
levo sorrisos a todas as gentes
adormeço no meu próprio abraço
e de obras quase insolentes
o meu corpo flutua pela madrugada
ouço a minha voz a falar para multidões
sinto-me o destino que a dor repara
mas que de entre tantas imensidões
sonha sozinho
o meu pequeno sonho
realizado através da vontade

de ver toda a gente saudável
o meu pequeno sonho
realizado através da alegria
de ver que não existem hospitais
o meu pequeno sonho
realizado através da certeza
que todos sentem um tecto sobre a cabeça
o meu pequeno sonho
realizado através da factualidade
onde não existe mortandade
o meu pequeno sonho
realizado através de uma lapso de tempo

onde as guerras são história
descarregadas da minha memória
o meu pequeno sonho
realizado através dos meus sentimentos
onde o mundo é um verdadeiro paraíso.
E quando se levanta a bruma
que se abateu sobre a minha cama
vejo-me dentro da minha urna
sem que ninguém saiba como o homem se chama
vejo-me partir
no lenço do anonimato
desci a terra e deixei-me ir
atrás do meu pequeno sonho

aquele que nunca realizei
que tantas vezes me fez conpanhia
nas noites em que sonhei
fui a tempestade que nunca soprou
o ciclone que nunca passou
o tsunami que nunca se levantou
fui a bebida que nunca refrescou
a saudade que nunca passou
a obra que nunca se ergueu
no mar que nunca se lavou
no rio que o esqueceu
no meu pequeno sonho

adormeci
sonhei-o como um rei
voei nele como um empreendedor
mas agora eu sei
que o tempo é indolor
já não sinto os seus efeitos
porque o meu pequeno sonho nunca foi grande
nunca viu a luz da realidade
adormeceu numa grande onda de esperança
mas morreu nas garras da realidade
e assim sonhei......














































 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

05
Abr15

É um caso de matemática

por chapeusechapeladas
O meu maior sonho era arranjar um mulher que amasse para o resto da vida, e consegui realizar este sonho, dentro deste mesmo sonho queria arranjar uma mulher que tivesse um vigor sexual para além do normal e aqui coloco reticências!!
Da-se o caso que quando eu faço sexo com esta mulher tenho que fazer calculos de matemática, coisa que eu até gosto mas dentro de um acto sexual estar a fazer contas sobre a força que estou a usar, multiplicando y por t, somando n com b e juntando tudo para ter um orgasmo é uma foda mal dada.
Gosto de ter varios actos sexuais no mesmo dia mas não todos os dias porque não sou o super-homem nem tenho energia nem vigor para dar 5 ou 6 seguidas, dou uma e mal, mas passadas umas horas gosto de dar outra para não esquecer como se faz.

Aqui que a porca torce o rabo porque o resultado da primeira e da minha falta de inteligencia para usar a matemática no sexo faz com que aconteçam coisas deste genero....
Usei demasiada potencia na penetração e arrebentei uma membrana que eu nem sabia que existia numa vagina, depois de ter dado a primeira fiz uns cocktails que fizeram sono a mulher, e ainda tive o condão de ter a insansibilidade de a ilogiar dizendo que nunca conheci nenhuma mulher com um corpo que me excitasse tanto.
Começa aquele rosário de desculpas mal dadas para não ter que dar a segunda no mesmo dia, é porque está com uma ferida aberta com hemorragia permanente, é porque a bebida caiu mal, ou então o problema sou eu que ilogio demasiado e coloco um pressão

exarcebada num acto que derrepente se torna demasiado grande para uma pessoa simples e que apenas desejava ser uma dona de casa com 5 filhos e muita coisa desarrumada para arrumar.
E depois as mulheres dizem mal das putas, estas recebem apenas 5% do ordenado, não reclamam, não chateiam durante o resto das horas que tem um dia, se quisermos repetir não haverá um não.
Depois de ter lido o que escrevi aqui acho que vou dar outra dimenção aos meus sonhos, porque o meu maior sonho é na verdade ter um bordel só para mim, com sexo e mais nada!!
Como dizia um professor meu "é tudo um caso de matemática"
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

05
Abr15

Falando com a tristeza

por chapeusechapeladas

Tristeza...diz-me no que acreditas!!
em nome do pai do filho e da puta que te pariu
diz-me para que serves tu?
sai de dentro de mim sua puta oferecida
se eu desejasse uma tristeza....
concerteza desejaria uma com mais carne que tu!!
se eu tivesse uma tristeza...
concerteza seria com mais curvas que tu!!
desaparece da minha vida sua vaca
sei que não gostas de ouvir baixo calão
a não ser quando estás com comichão
e apareces como uma convidada surpresa
que ninguém espera para jantar
diz-me sua vagabunda...
para que quero eu mais uma boca para alimentar?
não ouvistes falar na crise que atormenta os pobres?

achas que preciso de ti para alguma coisa?
vai-te embora sua inconveniente!!
pareces uma lapa agarrada a uma rocha que não é tua
queres parecer intima...
e ninguém te quer ver nua
nem eu que estou numa época de cio
e com desejos loucos de acasalar
dispenso bem uma puta horrorosa como tu
como dizem os meus amigos gays
antes feliz a dar o cu!!
depois deste rosário de pragas
ainda estás ai a fazer o que?
vai-te embora!!
não tem nada aqui a que te possas agarrar
procura outra pessoa que necessite de ti
tristezas é o que eu ando mais a dispensar
tristeza...afinal em que acreditas tu?




 

Autoria e outros dados (tags, etc)

05
Abr15

O que faço com esta sopa?

por chapeusechapeladas
 

A sopa está salgada
foi feita com lagrimas de uma desilusão
a comida não sabe a nada
parece que não tem combustão
será que é do meio ambiente?
não sei se tem influência...
a mesa estar apenas posta para um
o vapor sai a fumegar
dessa sopa que ainda está quente
a colher parece não ter vontade de mergulhar
e quem precisa de comer está ausente
que raio de jantar é este?
sapa de agriões
aconpanhada de pão e pinhões
suspirando sem saber porquê
a sopa não passa na garganta nem com empurrões
nem tentando engana-la vendo tv
o que é que eu faço com a sopa?
não sei se nunca vos aconteceu
estarem numa mesa sem querer estar
olhando uma porta que não se abriu
e perder a vontade de jantar
o que é que eu faço com a sopa?
porque tinha de me acontecer a mim
estou na crise da meia idade
já nem tudo é um jardim
passei pela puberdade
para ficar a comer sopa sozinho!!
não...
não vou comer esta merda
perdoêm-me a expressão

é a hora de dizer chega!!
sair desta aberração
quero um jantar digno de um rei
quero uma carninha que eu cá sei
o que eu não consigo descurtinar
é o que vou fazer com esta sopa
que não para de fumegar
parece ter vida própria
parece que me quer obrigar a come-la
fecho os olhos e dou com a cabeça na parede
tudo é valido para que não possa ve-la
faz-me uma certa confusão
pensar em mim como estou a pensar
afinal se queria comer carne
p
orque fiz sopa para o jantar?





 

Autoria e outros dados (tags, etc)

04
Abr15

Nunca deixarei os amigos!!‏

por chapeusechapeladas

Não tenho muitos amigos e acho que quando morrer não devem estar nem 6 gatos pingados no meu funeral, e se 3 desses gatos pingados forem mulheres, não sei como irei para a sepultura.
Mas adiante...
Custa-me morrer porque os amigos que tenho na internet vão sentir a minha falta e mais ainda, ficarão muito tristes por não poderem comparecer no meu funeral.

Por isso e porque não quero deixar nenhum amigo virtual para trás, já deixei bem expressas as minhas ultimas vontades!!
Quando morrer, quero ser enterrado com um caixão que tenha, net, telefone, tv e um barzinho para que eu possa ir bebendo qualquer coisita.

A única coisa que não farei depois de 15 dias é abrir a minha cam

para ninguém, porque gosto dos meus amigos e não quero que e vejam envelhecer debaixo da terra.
Amigos queridos deste mundo virtual, fiquem descansados que mesmo morrendo jamais os abandonarei, eu amuuuuuu vocês miguxos da minha vida e morte!!



 

Autoria e outros dados (tags, etc)

04
Abr15

O meu mundo...‏

por chapeusechapeladas

Encontro-me todos os dias num mundo estranho
durmo numa cama de rosas sem cheiro
o meu mundinho é apenas vermelho e castanho
não gosto de meter no mundo alheio
gosto de ser capitão do meu meio de transporte
"não quero", "não gosto"
são palavras que não são dita a sorte
e para viver a minha vida não preciso de nenhum entreposto
tenho uma vassoura já gasta
mas com a qual ainda gosto de varrer
limpa que se farta
e não se queixa de ter muito que fazer
também tenho um forno antigo
no qual faço bolos e assados
quando me distraio sou um perigo

é fogo para todos os lados
parto do princípio que este é o meu mundo
longe dos olhares indiscretos
do meu cheiro imundo
onde não pegam os decretos
posso dizer adeus e olá
posso até não dizer nada
vivo o ontem o hoje e o amanha
e não sinto a pressão da espada
o mais engraçado é que não quero mudar
este é o meu mundo
e nele gosto de mandar
muitos acharão que é uma merda de mundinho
mas é meu!!
e quem não gostar pode ir apanhar no cuzinho.




 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D