Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


14
Ago13

Coisas de presidentes "DEMOCRÁTICOS"

por chapeusechapeladas


Mugabe sobre a oposição: "Mesmo que morram, nem os cães irão comer a sua carne” PHILIMON BULAWAYO/REUTERS

Presidente do Zimbabwe lança violento ataque à oposição que tenta anular nos tribunais as presidenciais de 31 de Julho

Ao seu melhor e mais clássico estilo agressivo, o Presidente do Zimbabwe Robert Mugabe aproveitou o discurso do dia dos Heróis, esta segunda-feira para atacar a oposição que contesta a legalidade da sua folgada vitória nas presidenciais de 31 de Julho “Aqueles que perderam as eleições podem-se suicidar se quiserem. Mesmo que morram, nem os cães irão comer a sua carne”.

“Nunca iremos abdicar da nossa vitória”, continuou Mugabe, “os que não tiverem estômago para aceitar isto, que se vão enforcar”. Mugabe soma 89 anos de vida, 33 de poder e prepara-se para assumir mais um mandato de cinco anos, depois de um escrutínio que a oposição considerou fraudulento.

O seu adversário, o primeiro-ministro Morgan Tsvangirai, apresentou na passada sexta-feira um recurso nos tribunais para tentar invalidar a eleição presidencial, argumentando que as listas eleitorais tinham sido manipuladas para favorecer a victória de Mugabe. Este foi eleito à primeira volta com 61% dos votos contra os 34% de Tsvangirai.

“Tudo aquilo que eu vejo”, disse Tsvangirai num comunicado, “é uma nação de luto por causa da audácia de tão poucos que conseguira roubar a tantos”.

“Os ladrões deixaram um grande número de provas nos locais do crime”, continuou o líder do Movimento para a Mudança. Provas essas que agora apresentou à justiça para tentar anular a eleição.

“Iremos servir-lhe a democracia num prato”, respondeu Mugabe. “É pegar ou largar

Nicolás Maduro quer poderes especiais para combater corrupção

Presidente da Venezuela diz ainda que vai decretar uma «emergência nacional» para impulsionar esta luta

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou na segunda-feira que vai pedir ao parlamento poderes especiais para combater a corrupção e vai decretar uma «emergência nacional» para impulsionar esta luta.

«Como Presidente e chefe de Estado, vou decretar uma emergência nacional na luta contra a corrupção e vou pedir poderes especiais [ao parlamento] para avançar com um processo de reforma das leis e de mudança institucional de modo a lançarmos um combate profundo» à corrupção, disse Maduro num evento com jovens em Caracas.

O Presidente venezuelano indicou que as mudanças deverão ter por base a Constituição e exortou os jovens e «todo o povo» a lutar «contra a corrupção».
«Como Presidente e chefe de Estado, vou decretar uma emergência nacional na luta contra a corrupção e vou pedir poderes especiais [ao parlamento] para avançar com um processo de reforma das leis e de mudança institucional de modo a lançarmos um combate profundo» à corrupção, disse Maduro num evento com jovens em Caracas.

O Presidente venezuelano indicou que as mudanças deverão ter por base a Constituição e exortou os jovens e «todo o povo» a lutar «contra a corrupção».

Tem que ser para rir, o primeiro é um genocida que agora até parece mais um louco descontrolado a quem o poder tolhou os pensamentos já que ganha sempre com batota.

O segundo vê o mentor em sonhos e quer acabar com a corrupção num país de corruptos em que ele sabe bem como chegou ao poder.

Duas histórias,dois idiotas!!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D