Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


08
Fev14

A morte do pénis!!‏

por chapeusechapeladas

Infelizmente sou obrigado a dar ao mundo uma terrível noticia, especialmente as mulheres que vezes sem conta nos seus empregos, nos seu afazeres, nos seus sonhos e principalmente nos seus posts diários sobre amizade e amor, nunca pensaram que chegaria o dia em que receberiam esta terrível, trágica noticia.....

O MEU PÉNIS MORREU!!
O pobre coitadinho deu ontem entrada nas urgências de um bordel onde foi prontamente atendido por pessoal qualificado mas nem todas as qualificações chegaram para evitar este trágico desfecho de todo inesperado.
Tentaram fazer reanimação através de varias LAP DANCES, respiração com a boca, e no último recurso tentaram caixas e caixas de comprimidos azuis e apesar de todo o esforço e dedicação daquelas pessoas dedicadas e empenhadas na salvação do pénis ele não resistiu as erosões do tempo e acabou ali completamente caído sem qualquer possibilidade de salvação.
Tentei não olhar para aquela imagem devastadora e até consegui sorrir ao lembrar das nossas aventuras juntos, foram anos e anos de convívio, de verdadeira amizade e camaradagem que agora tinha o seu final.
Lembro das grutas que visitamos, algumas misteriosas e apertadas, outras cheias de humidade e com espaço para um batalhão de exploradores, relembrei a alegria de todas aquelas pessoas que sorrindo e de boca aberta o recebiam, e senti uma profunda emoção, e uma última vez olhei para ele coitadinho tão inerte, tão sem cor, esticadinho como se fosse uma natureza morta daqueles quadros de pintores com nomes esquisitos que apenas pintavam coisas inertes e frias, e como ele era caloroso nos seus melhores momentos de vida. 
O Pénis morreu mas ninguém me pode tirar as recordações das aventuras que passamos juntos, como aquela vez em que ajudamos uma velha senhora a desobstruir o canal que ela tinha atrás....de casa, como aquela outra onde ajudamos aquela mulher casada a ultrapassar o estigma de ter um canal muito pequeno e que ninguém quis alargar.
Foram muitas e boas aventuras que agora não teremos mais e se tivesse de escrever uma frase de homenagem a este belo Pénis elas seria assim:
"Com tanto movimento que tivestes, morres feliz por tudo aquilo que destes"
Lá fora ouve-se o vento, o cantar de um velho mocho, a rua está deserta, é uma noite fria, as sombras multiplicam-se e a noticia espalha-se:
MAIS UM QUE VIROU!!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D