Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


maucheiro

O resultado de uma pesquisa divulgada por cientistas da Universidade de Exeter (Reino Unido) pode causar um verdadeiro estrondo. O estudo sugere que “pequenas cheiradelas” em flatulências possam prevenir o risco de cancro, acidentes vasculares cerebrais, ataques cardíacos, artrite e demência, de acordo com o “Time”.

 

A explicação é científica e está num composto chamado: sulfeto de hidrogénio. Esta substância é produzida por bactérias durante a digestão e estão presentes em gases malcheirosos. O componente ajuda a preservar as mitocôndrias (responsáveis pela produção de energia e regulação de inflamação nas células) e a sua produção é estimulada quando o corpo humano tem algum problema.

O seu odor é característico em ovos podres e flatulências, conforme o estudo publicado no jornal científico “Medicinal Chemistry Communications”.

 

Um composto chamado AP39 foi produzido em laboratório e tem sido aplicado em pequenas doses às mitocôndrias. Testes mostram que os danos mitocondriais foram reduzidos e que até 80% das mitocôndrias conseguem sobreviver sob condições de doenças destrutivas, segundo o “Daily Mail”.

“Por ser naturalmente produzido pelo corpo humano, esse gás pode facilmente ser aplicado em terapias e tratamento de várias doenças”, defendeu o médico Mark Wood no estudo.

Os pesquisadores alertam que a exposição exagerada ao sulfeto de hidrogénio pode causar intoxicação.

 

Eu já sabia deste estudo muito antes de eles terem pensado nele pois desde que me conheço cheiro os "meus meninos" a como muito feijão para mais meninos verem a luz ao fundo do túnel!!

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Maria Filomena Carreira a 24.04.2015 às 16:34

Realmente não poderia deixar de comentar este assunto, pois afinal é um assunto sério.
Se isto for real e passar a ser considerado temos o remédio em casa e cada um consome, o seu. Mas a questão é até onde se cheirar, é a questão?
E até onde a questão é a solução?
Posso adiantar que o tema levantado me fez rir muito, antes de mais nada. Infelizmente, querendo ou não quando se fala de Merda, Fraudulências, maus cheiros, peidos ou na elegância que cada um queira dar, estes temas sempre se tornam engraçados. Mas falo acho engraçado e o afirmo pois sou uma (infelizmente e felizmente paciente desta, doença). Por isso ainda não me imagino, cheirando minha dose diária!!
Mas se cientistas já afirmam isto lá devem saber o que falam, não é verdade? Como em tudo há muita verdade e muita máfia, há que aguardar. Eu na minha santa ignorância vou ficar quieta e não irei cheirar. Por enquanto vou preferir, meu perfumes Franceses, a minhas Fraudulências para cura da doença..
Mas desejo sorte aos mesmos, que na sua loucura por curas, são capazes de tudo, para grandes descobertas!

Filomena Carreira
Imagem de perfil

De chapeusechapeladas a 29.04.2015 às 01:18

Maria Filomena Carreira, antes de mais e de qualquer coisa lamento que sejas uma paciente de cancro, é algo que nunca é agradável e desejo-te as melhores totais, este assunto chamou-me a atenção por ser assim tão descavido e tentei que ele se tornasse engraçado embora seja sincero em dizer que não esperava que alguém o lesse, como dizes e muito bem os perfumes Franceses são bem melhores e curam o pior dos males, amor próprio pois uma mulher que cheira bem é irresistível!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D