Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


22
Jun14

Comboio contra a sina!!‏

por chapeusechapeladas

 

O comboio chegou aquela estação vazia

só lá estava eu
esperando quem não chegou
este papa-léguas percorreu uma enorme distância
mas não tornou a minha distância mais pequena
apitou
e lá vai ele serpenteando
ali me deixou
sem ter ninguém com quem dançar o tango
voltava ao inicio 
companheiro de mim mesmo
a juventude já avançada
na casa dos quarenta
a caminho dos setenta
tal qual aquele comboio
lá ia eu serpenteando pela vida que vivia
um dia de cada vez
e por cada dia passado
esperava viver mais dez......
Queria romper com os costumes 
inventar uma nova forma de existir
sem dificuldades nem cumes
apenas um caminho para chegar e outro para ir
sem curvas
nem grandes distâncias....
Era uma vez um comboio
que fazia Fiu Fiu Fiu Fiu 
e nos seus carris carregava sonhos
passava estações desertas
povoações desabitadas
com as suas janelas partidas e abertas
desolações erradas
chocando com tudo aquilo que eu sonhei em menino
que merda de destino!
Lá se vão as últimas moedas
para pagar o bilhete no derradeiro comboio
nunca chegarei a usar roupas com jóias e sedas
porque o meu nome é António
e vou tentar encurtar distancias 
entre o destino prometido
e o destino desejado
até porque entre os dois
existe a distância que só um comboio mágico
pode percorrer
é esta a sina de quem se deixa levar pela vida
contra a sina de quem a quer viver!!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D