Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


29
Abr14

Existência Infeliz

por chapeusechapeladas

"Como posso existir no meio de uma partida
no caos de uma chegada
nas lagrimas da despedida
longe da minha amada?
Como posso eu sentir o gosto da vida
no meio de uma guerra social
nas lágrimas de quem sente a ferida
aberta de uma forma brutal!!
Como posso morrer nesta realidade
se nem mesmo sei se a morte é de verdade
se aquilo que vejo e sinto náo é um sonho
por vezes belo
por vezes medonho
como posso perder-me na irrialidade
se não consigo distinguir o que é real
ou trivial


nos rostos esfomeados
de milhares de desamparados
como posso ser feliz
se do meu lado escasseia a palavra felicidade
falta o pão na mesa
o amanha é uma constante incerteza
como posso pensar em amor
seja onde e quando for
do lado de um prato vazio
de um idoso esquecido
que passa as noites com frio
no choro de uma criança
que cresce sem esperança
como posso eu existir
se olhando para todos os lados
penso que vivo num mundo de mentira!!"



António Intrigante e Pensante!!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D