Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


09
Mar14

Soleira de emoções!!‏

por chapeusechapeladas

Na soleira que a sombra tapou

o cigarro que a muito se apagou
toco a velha harmónica
uma melodia melancólica
saudades da minha terra
eu que nunca fui dançarino
levanto-me para dançar
sinto-me pequenino
sabendo que não sei tocar
e lá vou eu qual Fred Astaire Improvisado
abanando a cabeça
e dando ao rabo
sabendo de antemão que a soleira não se iluminará
e o cigarro em cinzas não voltará
só tenho que seguir os passos deste dançarino improvável
sem pensar que sou bom
é como ter aço inoxidável
no lugar de um coração
e olhando para o ribeiro que a água banha
sinto a vergonha do menino que se acanha
quando vislumbra os cabelos sedosos da amada secreta
foge para a soleira deserta
rezando para que ela passe por ali
guarda a harmónica
recolhe o corpo da sua alegria solitária
mas ela não passa
é poesia salomónica
declamada pelas sombras do destino
guardado na gaveta com as memórias do primeiro beijo
vai-se o número um
já nem recordo por onda o número dois
perdi a memória num número elevado
e assim continuo sentado
na soleira deserta tocando uma harmónica muda
é tempo de chuva
na soleira encharcada
olhando o ribeiro que transborda
toda a iminência é parda
e meu coração chora.....

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D